Nomeações para o Conselho de Coordenação

O Conselho de Coordenação se formará mediante um processo de baixo para cima, inspirado na abordagem aberta e transparente usada pelos organizadores da reunião NETmundial de São Paulo.

As responsabilidades do Conselho de Coordenação são:

  • Gerar apoio global para uma governança da Internet distribuída;
  • Garantir a presença de defensores dos Princípios da NETmundial elaborados em São Paulo;
  • Criar consciência mundial sobre a Iniciativa NETmundial;
  • Estabelecer um marco para a participação global da Iniciativa;
  • Atrair novas ideias para elementos facilitadores e soluções de governança da Internet;
  • Atrair o financiamento para elementos facilitadores e soluções de governança da Internet;
  • Coordenar atividades da NETmundial para aproveitar ao máximo o uso eficiente de recursos e evitar dobrar esforços no ecossistema policêntrico;
  • Estabelecer contatos com outros fóruns de governança da Internet.

O Conselho de Coordenação terá, ao todo, 25 membros individuais: 20 distribuídos em quatro setores e cinco geografias e mais assentos (um por cada um) para os fundadores da organização  - a CGI.br e a ICANN; um para o Fórum Econômico Mundial na sua função de defensor da iniciativa; bem como um assento cada um para o Grupo Consultivo Multissetorial (MAG - Multistakeholder Advisory Group) IGF e a comunidade técnica (o "I* group").   

Processo de nomeação

O processo de seleção para os 20 membros do Conselho de Coordenação será feito de maneira aberta e transparente, garantindo uma representação equilibrada, ampla e diversa das partes interessadas.

Os indivíduos podem se nomear a si próprios usando o formulário online aqui online form. O vencimento do prazo para enviar nomeações será 15 de dezembro de 2014.

Os 20 assentos estarão distribuídos pelos quatro setores e cinco geografias seguintes:

  • Setores:
    • Academia, comunidade técnica e fundações
    • Sociedade civil
    • Governos e organizações intergovernamentais
    • Setor privado
  • Geografias:
    • África
    • Ásia e Oceania
    • Europa
    • América Latina e o Caribe
    • América do Norte

Critérios de seleção

Os nomeados para um setor devem fornecer endossos de organizações pertencentes a esse mesmo setor. Se representar uma organização, o nomeado deverá confirmar que sua organização adotará oficialmente os Princípios da NETmundial.

Os nomeados devem demonstrar capacidade como líderes de opinião fornecendo três exemplos de contribuições e /ou envolvimento recentes em governança/desenvolvimento da Internet. Entre os exemplos, estão os papers sobre a matéria, as posições de líderes da comunidade, etc.

Os nomeados devem indicar a área geográfica para a qual desejarem ser considerados. Para este processo de seleção, a representação poderá ser estabelecida demonstrando ter cidadania em uma das áreas geográficas apresentadas acima, além de ter moradia/trabalho no país declarado país de cidadania.

Além disso, cada nomeado deve confirmar:

  • Ter capacidade para financiar-se suas viagens;
  • Comprometer-se a assistir a três reuniões virtuais e três presenciais por ano (a primeira reunião presencial está marcada para 19 de janeiro de 2015 na Europa Ocidental);

Conforme ao espírito da tomada de decisões de baixo para cima, as decisões de seleção final vão estar baseadas nos critérios esboçados e feitos em consulta com os respectivos grupos de setores interessados, com plena transparência. Por exemplo, o comitê de transição participou de um diálogo com grupos da sociedade civil para criar um processo de seleção de representantes da sociedade civil aceitável para todas as partes envolvidas.

Todas as informações sobre o processo de seleção completo estarão disponíveis para o público.

Comitê de Transição

Cada um deles, O CGI.br, a ICANN e o Fórum Econômico Mundial, nomeará um executivo para integrar o comitê de transição. O objetivo principal do comitê é ser o facilitador da seleção dos membros para o Conselho de Coordenação.

Além de agilizar a formação do Conselho de Coordenação, o comitê de transição vai orientar o secretariado por toda a fase de início da Iniciativa.

Os membros do comitê de transição são:

O comitê de transição vai ficar dissolvido uma vez que o Conselho estiver em funções, no começo de 2015.

A participação diversa e global é um componente necessário que encarna o espírito da NETmundial e a abordagem multissetorial, de baixo para cima, escolhida como o meio para fazer avançar o atual marco de governança da Internet para o futuro. A comunidade da Internet global está convidada para contribuir com propostas ou ideias para introduzir e criar coalizões dinâmicas e elaborar elementos facilitadores / soluções para uma governança da Internet distribuída. Contribua aqui.