Sobre a Iniciativa da NETmundial

Sobre a Iniciativa NETmundial 

O reconhecimento do modelo multissetorial como mecanismo chave para propulsionar a elaboração de políticas e a governança da Internet global é a culminação de vários esforços de colaboração empreendidos pela comunidade da Internet global para salvaguardar a confiança pública na Internet e sua governança multissetorial distribuída.

A viagem começou com a Declaração de Montevidéu (link externo) Montevideo Statement (link is external), que esboçou a visão da futura cooperação da Internet, seguido pela criação da plataforma 1net (link externo) 1net (link is external) para impulsionar os debates sobre governança da Internet global. A posterior histórica reunião NETmundial (link externo) meeting (link is external) em São Paulo colocou sob o holofote a essência do modelo multissetorial e, por sua vez, informou o que comumente é chamado de plano do Painel Ilves blueprint (link is external) (link externo) para um ecossistema de governança da Internet baseado na colaboração e distribuído.

A Iniciativa NETmundial, propiciada por um Secretariado conjunto formado pelo Comitê Gestor da Internet do Brasil (CGI.br CGI.br (link is external)), o Fórum Econômico Mundial (WEF WEF (link is external)) e a Corporação para Atribuição de Nomes e Números da Internet (ICANN ICANN (link is external)), visa construir a partir dessas concretizações e fornece uma plataforma online para que a comunidade da Internet global elabore e forneça elementos facilitadores e soluções de uma governança da Internet distribuída. Esses esforços vão apoiar a evolução de um ecossistema de governança da Internet distribuída, mais aberto, participativo, estável e eficaz, que aumente a confiança e reflita a velocidade e a natureza transnacional da Internet.

 

A participação diversa e global é um componente necessário que encarna o espírito da NETmundial e a abordagem multissetorial, de baixo para cima, escolhida como o meio para fazer avançar o atual marco de governança da Internet para o futuro. A comunidade da Internet global está convidada para contribuir com propostas ou ideias para introduzir e criar coalizões dinâmicas e elaborar elementos facilitadores / soluções para uma governança da Internet distribuída. Contribua aqui.